Gigante adormecido

  Apenas lutava tornar externo, para que o que lhe ia à alma se expandisse além de si mesmo… de seu corpo. Sofria por não saber como. A sutiliza dos tons, odores, gostos e como tudo isto se imiscuía dentro de si, os prazeres que o vento ao rosto lhe permitiam ao ser beijado por este fantasma, enfim, tudo que […]

Continue lendo